Como tudo começou?

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePin on PinterestShare on LinkedIn

O que são leilões de cêntimos? Vamos começar pelos leilões tradicionais, em casas de leilões exclusivas, onde senhoras e senhores elegantemente vestidos competem por itens valiosos. Com o desenvolvimento civilizacional e o advento da internet, os leilões começaram mover-se para o mundo virtual e, com o tempo, apareceram também os primeiros leilões de cêntimos. Vamos examinar a história.

Não é segredo algum, os leilões tradicionais não estavam acessíveis para todos. Apenas pessoas de classe alta conseguiam pagar os preços exorbitantes que os produtos atingiam. A luta por uma obra atingia preços que não estavam ao alcance de qualquer um. Um característica inerente a todos os leilões tradicionais era a utilização de um martelo, que define o final do leilão. O vencedor, aquele que faz a licitação mais alta, era apenas um, e os outros perdiam amargamente.

A excitação associada com os leilões tradicionais, não era apenas experimentada pelos licitantes, mas também por aqueles que observavam a rivalidade. Assim nasceu a idéia de permitir que as pessoas menos abastadas também pudessem participar nos leilões. Por fim, com a internet, os leilões tornar-se disponível para todos, não só para milionários. A partir de então qualquer um pode desfrutar da vitória. É difícil encontrar alguém que nunca tenha tido acesso à Internet e não tenha conhecimento de um ou outro site de leilões. A aparência deste tipo de serviços tem aumentado o interesse em compras online.

Na maioria dos leilões online a emoção de competir é frequentemente terminada pela opção “Comprar Agora”. O resultado? Muitos leilões online acabam por ser chatos.

Esses serviços são visitados principalmente por pessoas que querem comprar mais barato. Os itens podem ser novos e usados, mas o mais importante é o preço ser baixo. Com isto, os leilões online tornaram-se um lugar frequentemente visitado por caçadores de pechinchas. Eles procuram o produto desejado, clicam no botão “Comprar Agora”, pagam e já está. Mas onde está a emoção? Onde está a concorrência e a tensão?

Os consumidores insatisfeitos com esta situação encontraram os leilões de cêntimos. A sua história é curta, tem menos de 10 anos. As raízes dos leilões de cêntimos datam de 1932. Naquele ano, um banco norte-americano colocou a quinta de um agricultor falido à venda e esta acabou a ser vendida por uma ninharia. Isso aconteceu porque outros agricultores pobres, em solidariedade com o que tinha falido, fizeram com que fosse impossível colocar licitações muito altas no leilão. Daí a origem do nome “leilões de cêntimos”.

Porque é que os leilões de cêntimos se estão a tornar tão populares? O sucesso desta idéia tem como base a ideia de combinar compras e diversão. Voltamos à ideia dos leilões tradicionais, nas casas de leilões, mas a idéia é melhorada. Primeiro de tudo, qualquer pessoa pode participar no leilão e não é o tamanho da carteira, mas as táticas que ditam o resultado do leilão. Como a Internet permite o anonimato, isto aumenta a confiança e dá a oportunidade de desenvolver estratégias. Em segundo lugar, não há maneira de resistir ao preço de reserva, porque é sempre 0 €. Igualmente atraente é o preço final, sempre menor do que o preço de mercado.

Os leilões de cêntimos oferecem vantagens significativas sobre os serviços de leilões convencionais. A sua vantagem principal sobre outros serviços de leilões é o facto de que nunca vai ficar entediado quando está a licitar. Nos leilões de cêntimos, para obter o produto que você quer, você terá que fazer um esforço enquanto licita. Cada licitação subsequente do rival aumenta o preço e a emoção – esta é uma boa receita para se divertir. Você licita, aguarda a reação dos seus adversários, conta os segundos no relógio do leilão, faz uma nova licitação,… A emoção não acaba nunca.

Os leilões de cêntimos preencheram uma lacuna existente no mercado de compras on-line. Esses leilões oferecem não só as experiências dos leilões da vida real no mundo virtual, ao mesmo tempo, proporcionam entretenimento.


Autor: wellbid

Partilhe Esta Publicação No

Enviar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *