No caminho do sucesso

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePin on PinterestShare on LinkedIn

Não existe uma fórmula mágica para ganhar um leilão. Todos os leilões são diferentes, pelo que não devemos licitar sempre da mesma maneira. Devemos observar vários leilões para ficar com uma perspectiva abrangente de tudo o que acontece durante a licitação, para que estejamos bem preparados quando resolvermos licitar.
Além da preparação há outro factor, a sorte. É algo que não se pode controlar e enquanto às vezes pode acontecer ganharmos um leilão de um produto de valor elevado com poucas bids, outras vezes acontece precisamente o contrário. Portanto, ao licitar o fundamental é ser persistente e nunca desanimar!

Aqui seguem algumas dicas que espero que vos sejam úteis:

1.Conhece o teu adversário

Uma boa forma de nos prepararmos para licitar no wellbid.com é conheceremos bem os nossos adversários. Para isso, temos de juntar uma boa dose de paciência e observarmos vários leilões. Não demora muito até que os nomes de alguns licitadores se tornem familiares. Podemos assim analisar os seus movimentos e perceber qual a melhor altura num leilão para licitar. Há os utilizadores que nunca desistem, os que tentam licitar apenas no final dos leilões, e aqueles utilizadores que são completamente imprevisíveis ou que nunca desistem, a menos que fiquem sem bids para licitar. Por isso, antes de um leilão, estuda e conhece o teu adversário.

2.Controlo emocional

Quando começamos a licitar no wellbid.com é importante definirmos uma estratégia. Saber quanto estamos dispostos a investir, quantas vezes no máximo vamos licitar e quando devemos parar. Às vezes é difícil mantermos-nos fiéis à nossa própria estratégia pois desejamos mesmo aquele produto ou já conhecemos aquele utilizador por já nos termos cruzado com ele noutro leilão e desta vez queremos mesmo ganhar-lhe. Isto são pensamentos que devemos colocar de lado pois a longo prazo vão acabar por nos prejudicar e veremos os nossos ganhos reduzirem-se. Por isso, para uma estratégia de sucesso, é fundamental um bom controlo emocional, evitando a todo o custo entrar em lutas e gastos desnecessários.

3.Leilão é diversão

Encararmos um leilão como diversão é uma boa maneira de nos tornarmos mais eficazes quando estamos a licitar. Devemos encarar cada leilão como uma boa oportunidade para ganhar um bom produto mas não devemos exercer demasiada pressão sobre nós próprios. Se não estivermos com cabeça para licitar num determinado dia, ou se algum leilão nos correu mal e vamos logo a correr para outro, de maneira a compensar as nossas perdas, estamos a exercer pressão sobre nós próprios, o que nos tolda o discernimento na hora de licitar como deve ser. Por isso, devemos assegurar-nos que nos vamos divertir a licitar, sendo que isso tornará tudo mais fácil e aumentará as nossas chances de sermos bem sucedidos.

4.Proporcionalidade

A proporcionalidade é um factor que devemos ter em conta quando licitamos no wellbid.com. É importante fazer uma estimativa de quantos bids vamos precisar para determinado tipo de produto. Embora seja possível ganhar um leilão de um produto muito valioso com poucos bids, isso é relativamente raro e deve-se sobretudo à sorte. Portanto, devemos licitar em produtos que sejam acessíveis à nossa carteira, ou melhor, ao nosso número de bids. Licitarmos num produto que valha 1000€ e termos apenas 200 bids para o fazer, conduzi-nos-à ao insucesso a longo prazo. Daí ser importante termos presente o conceito de proporcionalidade e não termos mais olhos que barriga, para que não percamos todos os nossos bids sem ganhar nada. Segundo a nossa análise, o produto em que vamos licitar deve ser proporcional ao nosso número de bids.

5.Análise estatística

No wellbid.com temos várias ferramentas que nos ajudam a ter sucesso nos leilões. Uma delas são as estatísticas de cada produto. É um bom investimento perdermos algumas horas a analisar a estatística associada a cada produto em que queremos licitar. O número médio de bids gasto pelos vencedores em cada leilão, quantos participantes costumam licitar no mesmo e qual o tempo médio de duração de um leilão de um determinado produto. É certo que a estatística que temos imediatamente disponível, se refere aos leilões mais recentes mas, se tivermos paciência e estivermos realmente focados no nosso objectivo, podemos pesquisar leilões anteriores para uma análise estatística mais completa, o que nos dará uma vantagem importante sobre os nossos adversários. Portanto, antes de começar a licitar, o melhor é mesmo escolhermos o produto que queremos ganhar e fazer uma análise estatística o mais detalhada possível, para que estejamos seguros quando começarmos a licitar e sabermos exactamente o que fazer para ganhar.

Bons leilões!

DirtyGomez


Autor:

Partilhe Esta Publicação No

Enviar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *